Prefeitura de Várzea Grande promove campanha de vacinação em cães e gatos neste sábado
ANTIRRÁBICA ANIMAL

Prefeitura de Várzea Grande promove campanha de vacinação em cães e gatos neste sábado

No total serão disponibilizados 73 pontos de vacinação na cidade, entre os locais órgãos públicos e clínicas veterinárias conveniadas. A vacinação é gratuita e ocorre das 8h às 17h.

A Prefeitura de Várzea Grande, por meio da Secretaria Municipal de Saúde de Várzea Grande, promove, neste sábado (15), a campanha de vacinação antirrábica em cães e gatos. Neste dia, 73 pontos de vacinação estarão funcionando na ação, localizados em todas as regiões da cidade. A vacinação está programada para começar às 8h e encerra às 17h. Os pontos serão em escolas municipais, estaduais, locais públicos e também em pátios de igrejas.

Já as Clínicas Veterinárias conveniadas e Pet shops também estarão colaborando com a campanha disponibilizando seus estabelecimentos comerciais, lembrando que a vacina é gratuita em todos os pontos e fornecida pelo SUS. O secretário Municipal de Saúde de Várzea Grande, Gonçalo de Barros, reforça a importância da vacinação para prevenção da raiva, que é uma doença infecciosa viral aguda, quase sempre fatal e que afeta mamíferos, inclusive os humanos.

“A vacinação de cães e gatos é responsável pela diminuição dos números de casos de raiva animal, e consequentemente, da raiva humana. Por isso, continua sendo a melhor medida de prevenção. É importante sempre destacar que estamos falando de uma doença que tem uma taxa de letalidade de praticamente 100%”, destaca o secretário.

Segundo a superintendente de Vigilância em Saúde, Relva Cristina de Moura, a expectativa é vacinar 40 mil cães e 8 mil gatos “Para que todos sigam livres da doença, é preciso que 80% do total destes pets sejam vacinados. Proteja seu animal de estimação, leve-o para ser vacinado. Alertando que a Raiva é uma doença incurável, portanto, é necessário um controle rigoroso da vacinação  dos animais domésticos e do campo. Vacine seu animal nas campanhas de vacinação: a partir dos 3 meses de idade, todos os cães e gatos devem receber a vacina. O reforço deve ser feito anualmente”, explicou Relva.

A Vigilância em Saúde pede, preferencialmente, que os adultos levem os animais aos pontos de vacinação, para evitar qualquer desconforto na hora da vacina. “O tutor do animal precisará controlá-lo na hora da vacina. O animal fêmea, em período de gestação, não deve ser vacinado, mesmo que não tenha contraindicação. Aguarde o animal a dar cria, e após leve ao Centro de Zoonoses, que a vacina será dada”, explicou a superintendente Relva Cristina.

Confira na relação em anexo os pontos de vacinação.