Asfalto novo melhora acesso aos bairros e traz mais segurança às ruas do Grande Cristo Rei 

Mobilidade Urbana
Asfalto novo melhora acesso aos bairros e traz mais segurança às ruas do Grande Cristo Rei 

Estão sendo investidos cerca de R$ 2 milhões em obras de asfalto


21/09/2018    118

Várzea Grande trabalha de forma planejada e consistente na execução de obras e serviços. A cidade ficou muito tempo sem as manutenções necessárias da malha viária e que agora com recursos próprios e por meio de convênios com instituições financeiras, acelera na recuperação de ruas da cidade e também levando novo asfalto. Na região do Grande Cristo Rei mais cinco bairros são beneficiados com a ação de infraestrutura o que vem dando mais conforto para a população.

O hábito de manter a janela sempre fechada, em função da poeira, hoje deu lugar à claridade do dia e o vento que corta o ambiente da casa do senhor Roni Monção, morador do bairro Dom Orlando Chaves, que viu o sonho de mais de uma década ser realizado, o asfalto finalmente chegou à porta de sua moradia.

“Alguns moradores por não acreditar que a rua fosse um dia pavimentada acabaram se mudando para outros bairros. Nós que aqui nos mantivemos fica nossa gratidão  a prefeita por  tornar realidade um sonho antigo e tão esperado. Agora a rua fica mais segura”, comemorou.

Um sonho antigo que virou realidade

Assim como o senhor Roni Moção, a moradora do bairro Eliana de Oliveira Rodrigues também manifestou a alegria de ver a via pública totalmente nova, com outro ambiente. “Durante a seca a poeira castigava e no período de chuva o barro comprometia o trajeto até a nossa casa. Hoje graças a Deus temos a comodidade ao chegar e sair de casa com tranquilidade”.

A nova realidade sentida pelos moradores da Cohab Dom Orlando Chaves também esta sendo vivenciada pelos moradores da Cohab Dom Bosco e dos bairros Construmat, Manga e Pirineu onde a Prefeitura Municipal de Várzea Grande, por meio da Secretaria de Viação, Obras e Urbanismo está fazendo trabalhos de reestruturação das vias comprometidas com a operação de recapeamento e tapa buraco, nas vias em que asfalto ainda não havia chegado, a pavimentação asfáltica nova.

O secretário da pasta, Luiz Celso de Moraes informou que a Prefeitura Municipal de Várzea Grande, em dois meses (agosto e setembro) terá investido R$ 2 milhões, somente na operação de recapeamento e pavimentação asfáltica nos bairros da região do grande Cristo Rei e também na região central da cidade. “Além desses investimentos de recuperação asfáltica , na Região do Grande Cristo Rei  também estamos investindo na saúde pública, melhorando a qualidade de vida da população”,  assegurou.

O vice-prefeito de Várzea Grande, José Hazama, responsável por acompanhar as obras de infraestrutura na região do grande Cristo Rei, explica que para cada obra foi elaborado estudo técnico, e realizado projeto, além de incluir solicitação dos moradores.

“Para as vias que estavam comprometidas resolvemos aplicar uma nova camada de CBUQ (concreto betuminoso usinado a quente) dando uma vida nova ao asfalto. Já para as ruas que ainda não dispunham do asfalto e onde a necessidade foi constatada, resolvemos fazer a pavimentação completa, dentre elas, seis ruas do bairro Pireneu, onde os moradores já estão recebendo o beneficio”.

Dona Eva Terezinha Dutra de Paula é moradora do bairro Pirineu e a sua Rua é uma das que está recebendo a pavimentação. “Moro aqui há 20 anos e já havia perdido a esperança de ver o asfalto chegar aqui em frente a minha casa. Agradeço a prefeita Lucimar Campos por estar dando atenção especial ao nosso bairro melhorando a nossa qualidade de vida. Adeus poeira”, festejou.

O vice-prefeito José Hazama disse ainda que as ações na região do Cristo Rei não param e que os trabalhos não se limitam apenas ao setor de infraestrutura, mas se estendem também a outras pastas da administração pública. “Estão em andamento na localidade, obras que irão beneficiar a Saúde, Educação e mobilidade urbana, empreendimentos que irão melhorar, consideravelmente, a vida população que reside nesta região”, completou.

 

Por: Kátia Passos - Secom/VG