Em Comemoração a Lei Maria da Penha


Em Comemoração a Lei Maria da Penha


03/07/2019    193

A prefeita Lucimar Sacre de Campos acompanhada pela procuradora Geral do Município, Sadora Xavier, recebeu a visita da desembargadora Maria Erotides Kneip e da advogada e ativista pelos Direitos Humanos das Mulheres, Ana Emília Iponema Brasil Sotero. Ambas formalizaram convite para um evento que está sendo planejado para o mês de agosto, quando a Lei Maria da Penha que mudou o conceito da segurança das mulheres e suas famílias em relação as agressões sofridas, completa mais um ano de existência.

“Para nós que vivemos diariamente a questão da violência contra a mulher, os efeitos vão muito além de resguardar os direitos das mulheres, estamos falando de vidas que foram preservadas e famílias que se mantiveram intactas, mesmo a violência estando dentro da própria casa”, disse a desembargadora Maria Erotides Kneip.

A desembargadora lembrou que Várzea Grande, sob a gestão de Lucimar Sacre de Campos, tem resultados mais do que expressivos e tem sido apresentada para outras cidades como modelo de gestão e de políticas de respeito para com as mulheres e sua família, além de outras ações voltadas para a interação, profissionalização e principalmente a capacitação das mulheres para que elas tenham liberdade e capacidade de decidirem seus destinos.

“Procuramos demonstrar que é possível encontrar soluções para todo e qualquer problema e a violência contra a família e com as mulheres sempre será combatida por nossa gestão”, disse a prefeita.

Ela fez questão de defender o projeto de Lei de autoria do esposo e senador Jayme Campos (DEM/MT) que cria o FNAMA – Fundo Nacional de Amparo as Mulheres Agredidas, assegurando as mesmas um salário mínimo durante o período em que as mesmas estiverem sob medidas protetivas, além de possibilitar a eles serem capacitadas para poderem prover o próprio sustento e de sua família.

“Temos que debater e entender que com medidas de impacto é que debelaremos o atual quadro de abuso, agressão e violência contra as mulheres e as famílias”, explicou a prefeita Lucimar Sacre de Campos que assegurou a participação efetiva de Várzea Grande nos eventos em comemoração a Lei Maria da Penha. 

Por: Da Redação - Secom/VG